Profissão: Game Tester

tumblr_meziundHTR1r9cz6so1_500Olá pessoal,tudo bem com vocês? – Hey, to pensando seriamente em mudar o tema principal do blog para ”Games”, porque ultimamente eu estou falando bastante sobre o assunto, mas eu não posso (nem vocês) me culpar de gostar tanto assim de jogos.

A ideia do post de hoje surgiu depois de eu terminar a minha inscrição para o curso de Design de Games na UniRitter. Como vocês bem sabem eu sou uma apaixonada por jogos e não seria outra primeira opção de curso se não essa.  Esse mundo de criação de jogos envolvem muitas outras profissões, mas o foco de muitas é Game Tester, até porque…quem não gostaria de trabalhar testando jogos, não é mesmo?

Há alguns anos a carreira de desenvolvedor de games/game tester, não passava de um sonho geek para os fissurados por computador e video-game. Felizmente os anos passaram e as coisas mudaram! O vídeo-game deixou de ser um entretenimento infantil e hoje é considerado a maior manifestação de arte digital.

Pois bem, eu ainda não trabalho com o assunto, mas minha paixão pelos games fez ir a fundo na busca para saber mais sobre essa nova profissão.

largeA primeira característica para um game tester é gostar do que faz. Não entre nesse ramo se o seu foco for impressionar o namorado(a) ou os amigos. Não parece, mas é muito trabalhoso, pouco lucrativo, estressante e se você não gostar do que faz não passara de um profissional frustrado e medíocre.

Quando eu falo ”gostar” não digo apenas gostar de jogar vídeo-game (isso é o básico), mas sim gostar de todos os aspectos de um game. Se interessar pelo o que acontece por trás, se preocupar em saber como foi o desenvolvimento, como aquela engine trabalha, qual metodologia está sendo usada e saber quais as novidades dos games mais atuais.

A segunda característica é saber trabalhar sob pressão e em equipe. Você terá um prazo limite e o seu trabalho não vai depender apenas de você e sim de toda equipe.

É ”comum” um game tester trabalhar mais de 80 horas semanais quando chegam perto da data limite. Se você não gostar de ”plantões”,procure outra profissão, quem sabe medicina? HAHA

O QUE FAZ UM GAME TESTER?

Os desenvolvedores não testam o produto em sua totalidade, fazem testes de fumaça ou testes pontuais. Para isso existem os Game Testers, são pessoas especialistas em testar softwares de acordo com uma metodologia acertada com o Líder de Testes. Cabe a eles detectarem bugs, travamentos, problemas de desempenho, desempenho e jogabilidade. São responsáveis por todo o controle de qualidade de um produto.

Infelizmente empresas de pouco nome ainda possuem uma mentalidade errada, considerando-os “supérfluos”. É geralmente o primeiro alvo de qualquer “redução de gastos”, obviamente isso impacta na qualidade do produto final.

E LOOW, QUANTO GANHA UM GAME TESTER?

Faixa salarial:
– Até 3 anos de experiência: $25.000 anuais.
– Média: $32.000 anuais.
– A partir de 6 anos de experiência: $45.000 anuais.
– Chefe de testes: $40.000 a $60.000 anuais.

”Simples! É só ir lá e jogar.” – É o que muitos pensam, mas não é bem assim. Como toda profissão, para ser um game tester você também precisa ser formado em design de jogos eletrônicos, programador, desenvolvedor ou produtor. Ex.: Como você vai trabalhar de mecânico se você não sabe como um carro é feito?!

FORMAÇÃO PROFISSIONAL!

O primeiro, mais importante e básico dos requisitos é dominar a língua inglesa. Mas por que?! Porque você não encontrará material de estudo suficiente sobre o assunto em português, todas as maiores empresas são americanas ou japonesas e todo fórum, site, tutorial que você encontrará será em sua maioria em inglês.

Desenvolver um game é antes de tudo desenvolver um software, com a diferença que praticamente cada empresa possui sua própria metodologia, linguagem ou framework.

Devido a essa imensa variedade de linguagens e framework o curso mais recomendado para o profissional da área ainda é Ciência da Computação, pois você terá um foco maior em programação, terá acesso e conhecimento técnico das linguagens.

Cursos como Engenharia da Computação (Oi Junior!) e Sistema de Informação também podem ser usados, porém, como a grade curricular varia de universidade para universidade, o recomendado é Ciência da Computação.

Algumas empresas internacionais não aceitam profissionais que não tenham se formado em Ciência da Computação, portanto se você mira alto, melhor não arriscar em outro curso (dica).

Além das linguagens é necessário que o desenvolvedor saiba usar com competência as API’s do Windows, da Nintendo, do Xbox da Sony e as API’s gráficas (DirectX e OpenGL). Infelizmente como as API’s são quase sempre proprietárias e caras é difícil estudá-las, por esses motivos é mais recomendado focar em C, C++ e C#, afinal essa é à base de qualquer API’s. 

Uma boa opção para ter noção de como um game funciona é baixar o XNA da Microsoft ou o OpenGL. O XNA é o framework de desenvolvimento do Xbox distribuído pela Microsoft gratuitamente. O OpenGL é uma API gráfica open source onde é possível encontrar material facilmente na web. 

EU QUERO, COMO FAÇO?

Já existe no Brasil faculdades que apresentam o curso voltado especificamente para Desenvolvimento de Games, como a UniRitter (onde eu pretendo começar meu curso em breve) que fica em Porto Alegre. Não sei sobre a existência do curso nas outras capitais, mas acredito que em São Paulo e Rio de Janeiro também é possível encontrar o curso. Se informe na Universidade/Faculdade da sua cidade ou a mais próxima de você!

Sei que no Rio de Janeiro e São Paulo é possível encontrar empresas que apresentam cursos como:

Básico: imagens digitais. 
– Introdução à computação gráfica. 
– Introdução à animação. 
– Curso de modelagem: cenários e personagens virtuais. 
– Criação de personagens virtuais para games. 
– Direção de arte aplicada a produção de games. 
– Produção de webgames. 
– Desenvolvimento de Jogos 3D com GameStudio. 
– Webgames. 
– Produção 3D com Softimage|XSI. 
– Produção 3D com Blender. 

Todos eles ajudam na carreira de um futuro profissional de games, porém tenha em mente que grande parte do conhecimento necessário para se tornar respeitado nessa área não virá de cursos, que infelizmente ainda são poucos no Brasil.

O post ficou bem longo, mas quando se trata de jogos eu esqueço de olhar para o relógio ou fazer um resumo sobre o assunto. Eu espero que vocês tenham gostado e que tenha ficado bem explicadinho. Não sou formada (mas pretendo), mas acho que consegui passar bastantes informações para vocês.

Duvidas? Não deixe de comentar!

Anúncios

5 comentários sobre “Profissão: Game Tester

  1. eu to pensando em ser gamer tester desde os 4 anos eu jogo e sou apaixonada por games entao quero entrar nesse mundo tecnologico e maravilhoso que é os games estou no segundo grau,eu estava procurando uma profissao que mas eu me adequava e me lembrei dos games testers e começei a pesquisar e fui me aprofundando no assunto e me apaixonando mais.to pensando no ano que vem fazer um curso de desenvolvimento de games.depois fazer o enem,e a faculdade tanbem voltada aos games.mas meu unico problema nisso tudo e a lingua inglesa (nao pretendo fazer um curso de ingles)pois nao a domino.mesmo esse mundo dos games procurarem mais homens isso nao me inpedir de tentar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s